Lotus azoricus

O Lotus azoricus é uma espécie endémica que pertence à família Fabaceae e só pode ser encontrada em áreas costeiras das ilhas do Pico, São Jorge, São Miguel, Santa Maria e Flores. As populações desta espécie são esparsas e estima-se que existirão no total entre 5000 e 10000 indivíduos de Lotus azoricus na natureza, sendo que o número de indivíduos apresenta uma tendência decrescente. O estado de conservação desta espécie foi avaliado das duas últimas vezes como “Desfavorável-Mau” e o relatório nacional de Portugal indica para o futuro uma classificação do estado conservação como “Desfavorável-Mau”.  Esta espécie encontra-se listada no Anexo B-II da Diretivas Habitats e no Anexo I da Convenção sobre a Vida Selvagem e os Habitats Naturais na Europa (Convenção de Berna). Esta espécie ainda não foi avaliada pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN).

Nome Comum
Lotus

 

Nome Científico
Lotus azoricus

 

Família
Fabaceae

 

Observações
Endémica dos Açores. Espécie protegida pela Convenção de Berna e pela Directiva Habitats (protecção prioritária).

 

Descrição
Planta perene, até 60 cm de altura, prostrada, muito ramificada, com caules lenhosos persistentes.
Folhas
Acetinadas-prateadas com 3 folíolos superiores de 5-10 × 2-6 mm, obovados e os inferiores com 2,5-8 × 2,5-6 mm, ovado-orbiculares.

 

Flores
Amarelo pálido ou púrpuras, 20-25mm.

 

Frutos
Vagem cilíndrica, 60 × 4 mm, erecta, com sementes pretas brilhantes.

 

Ecologia
Em zonas costeiras, geralmente abaixo dos 50 m.